Sobre a Terapia Frequencial

O ser humano visto de forma integral nos seus aspectos físicos e energéticos.

A Terapia Frequencial é, na atualidade, um dos métodos mais eficazes no gerenciamento da saúde, onde o ser humano é visto de forma integral nos seus aspectos físico, mental e emocional; como um sistema onde o desequilíbrio de um afetará todos os outros.

As terapêuticas frequenciais baseiam-se nos fundamentos da Física Quântica e são um desdobramento da Medicina Vibracional. De acordo com a Medicina Vibracional, o organismo humano é um acorde de inúmeras frequências oscilatórias (medidas em Hertz), que ao se harmonizarem em cada indivíduo, formam uma frequência própria para cada ser humano, como se fosse uma “digital” vibracional, um acervo de dados codificadas e armazenados no DNA, que controlam o desenvolvimento da saúde e da doença, assim como a auto regeneração. Enquanto essas frequências se mantém harmonizadas, existe a saúde e o bem-estar. Quando desequilibradas, desencadeiam a doença nos seus diferentes níveis: energético, emocional, mental e físico.

Frequency+and+harmonics.png

O organismo humano é um acorde de inúmeras frequências oscilatórias.

Nos tratamentos com a Terapia Frequencial, são utilizados indutores energéticos de informação vibracional, chamados de Moduladores e Indutores Frequenciais, na forma de frequências carreadas por líquidos sublinguais e géis à base de água, que atuam por ressonância vibratória para restaurar o equilíbrio, estimulando as capacidades autocurativas do organismo.

Os Frequenciais agem por meio biofísico, não bioquímico, ou seja, não contêm princípios químicos ativos. Por essa razão, não possuem toxidade nem qualquer tipo de efeito colateral, não interagindo com medicamentos alopáticos que já estejam sendo utilizados. É um método seguro, não invasivo, com resultados rápidos e notáveis, que pode beneficiar a todos, em qualquer idade, sendo inclusive, excelente auxiliar nos tratamentos convencionais.

Para saber mais: terapiafrequencial.com/como-sao-os-tratamentos